Largados e pelados em Peruíbe? Quase isso…rs

A notícia que corre pelas mídias sociais é que um canal de TV estaria gravando uma produção em Peruíbe, bem ao estilo largados e pelados.

Mas ao contrário do que estão falando por aí, não é o programa Largados e Pelados e sim outra produção, o reality “Se Sobreviver, Case”. A atração traz teste mais extremo de relacionamento já visto: quatro casais isolados, acampados e sem roupa no Juquiazinho em Peruíbe, e nessa aventura descobrem se estão aptos para o casamento.

Oi, mas como assim? Casamento já não é uma sobrevivência por si só? Rs.
Calma que nós vamos te contar tudinho sobre o reality que está dando o que falar na cidade.

Segundo o site do Multishow, “Se Sobreviver, Case” é o teste mais extremo de relacionamento que você já viu. Na atração, quatro casais vão se isolar, sem roupa, na Mata Atlântica, para descobrir se estão prontos para o casamento. Os participantes vão passar por provas de resistência amorosa e emocional. O fim do desafio não dará aos casais um prêmio, mas mostrará quem está ou não pronto para o próximo passo da relação: o casamento.

Os casais escolhidos para participarem do desafio são pessoas comuns, sem nenhum tipo de preparo ou treinamento, em diferentes estágios do relacionamento. Mas todos compartilham da mesma vontade: se casar. Eles se despem das roupas, suas últimas barreiras de proteção. Eles recebem uma caixa com itens básicos que os acompanham durante todo o programa. Diariamente reabastecidos com esses artigos, os casais também precisam racionar seus recursos e, a qualquer momento, podem receber a missão de se separar do parceiro e trocar de acampamento para fazer escambo com os vizinhos.

Neste momento, precisam definir juntos qual item tentarão negociar com o outro casal. Para a realização do escambo, eles eventualmente dormem no abrigo vizinho, com um membro de outro casal, com quem não têm intimidade e precisam se adaptar e dividir afazeres durante uma breve convivência. Conflitos de relacionamentos surgem a partir de comparações com os outros pares e a fidelidade é colocada à prova.

Confira imagens da temporada de estreia que foi ao ar em julho deste ano.

Expostos e entregues a um desafio extremo de relacionamento, os participantes têm as forças de seus romances submetidas a provas de resistência amorosa e emocional dia após dia. Em "Se Sobreviver, Case", os casais decidirão se estão prontos pra casar após sobreviverem - ou não - à convivência nesse contexto radical.

A praia do Juquiazinho

Segundo fontes, a gravação do reality está sendo realizada na praia do Juquiazinho.

Localizada no interior do mosaico de unidades de conservação JURÉIA/ Itatins no parque estadual do Itinguçu, o acesso se dá por meio da estrada Guaraú/ Una, numa área totalmente preservada e de difícil acesso. Segundo o monitor ambiental Ribeiro Silva, o acesso é restrito e permitida a entrada apenas mediante autorização pelo gestor do parque e com o acompanhamento de monitor ambiental.

Com 1.310 metros de extensão e 57,50 de largura média. As ondas são médias e areia é firme e fina. Um paraíso para os casais curtirem a lua de mel antecipada. Será? Rs

Este slideshow necessita de JavaScript.

A praia possui um mar com águas são calmas e límpidas e um lindo costão rochoso, para completar o visual incrível.

Além de lindíssima, ela é deserta devido ao fato de ser afastada e de difícil acesso.

Desejamos que os casais curtam muito nossa cidade e sejam felizes aqui. Estamos já torcendo pelos casamentos!

* Não conseguimos contato com a produção do programa e as informações contidas nesta matéria são baseadas em contatos que tivemos com pessoas da cidade que estiveram envolvidas no processo.

Comentários

Comentários

Deixe seu comentário