Pedal Biguá: Aventura de Peruíbe até Balneário Camboriú sob duas rodas

Expedição Peruíbe/SP – Balneário Camboriú/SC: “Um olhar sobre as características da ecologia caiçara, seus costumes e ambientes”.

O “Pedal Biguá cicloturismo”, nasceu do princípio de integrar o ato esportivo de pedalar com o ato de conhecer, perceber e vivenciar o lugar por onde se pedala, promovendo atitudes que venham beneficiar a localidade e a população inseridas dentro de um percurso terrestre definido.

O projeto é uma iniciativa de Valdenir da Silva Ribeiro, ou como todos o conhecem na cidade “Dico do Guaraú”. Nós do Soul Peruíbe conhecemos o Dico e o incrível trabalho que ele desenvolve na cidade, promovendo o turismo de forma consciente. Tivemos o Dico como guia e monitor em nossa caminhada de 1 ano do Soul Peruíbe e todos participantes adoraram suas dicas e orientações. Ele como sempre tem muitas histórias para contar sobre Peruíbe e a cultura caiçara.

 

Um dos objetivos do projeto é promover o cicloturismo como alternativa para o turismo sustentável na região. Vale ressaltar de que este ano o tema da UNESCO é turismo sustentável.

O percurso terá seu início em Peruíbe e percorrerá 540km, em 20 dias, até chegar a Balneário Camboriú.

Com a proposta de percorrer o coração da mata atlântica, pelas praias e trilhas, o projeto visa documentar em imagens e impressões da beleza e da aspereza de uma das regiões mais selvagens do Brasil.

Aventura e adrenalina não irão faltar nesta expedição de um homem só. Dico terá que superar seus limites físicos e mentais neste grande desafio.

Além da incrível experiência durante a expedição, o resultado final será o compartilhamento de informações sobre a aventura, em formato de documentário com relatos do viajante, bem como imagens e vídeos que irão contar um pouco sobre a história, cultura e locais pelos quais o aventureiro irá passar.

Todo o trajeto de Peruíbe até Camboriú será por barco, trilhas e praias, utilizando velhos caminhos conhecidos por caiçaras e índios, como a trilha do imperador, passando pela Estação Ecológica da Juréia Itatins, Ilha Comprida, Cananéia, P.E. Ilha do Cardoso, seguindo e desbravando pelo Sul até Balneário Camboriú.

 

No caminho o ciclista irá fotografar e documentar as particularidades da ecologia caiçara para produção de um documento foto-descritivo a ser apresentado como objetivo central do cicloturismo proposto.

Vale ressaltar que o cicloturismo é uma das atividades esportivas mais ecológicas e sustentáveis da última década. Dispondo de técnicas específicas para promover olhares e percepções sobre a realidade de cada lugar, os ciclistas que praticam o cicloturismo tem a oportunidade de vivenciar e promover conceitos e atitudes benéficas para todos.

Iniciativas como esta merecem serem não apenas aplaudias, mas também apoiadas. O Dico irá realizar a expedição com recursos próprios, porém necessita de apoio com os custos da expedição e materiais posteriores que venham a ser produzidos. Se você tem interesse em apoiar a expedição, entre em contato com ele via Facebook para maiores informações sobre como fazer parte do projeto.

Dico, nós desejamos que você tenha uma expedição incrível, que volte cheio de histórias sobre sua aventura e que depois retorne aqui em nosso blog para compartilhar suas experiências, para que possamos cada vez mais valorizarmos com muito orgulho nossa cultura caiçara.

Para quem quiser acompanhar a partida, o Dico sairá dia 08/04 às 08:00hs, em frente a ONG Vida e Surf.

Acompanhe a expedição Pedal Biguá pelas postagens no facebook do Dico.

Comentários

Comentários

Deixe seu comentário